A Sombra da Maldade

Estamos vivendo um período complicado em nosso país. O congresso acabou de aprovar a PEC..

Read more

A Sombra da Maldade

Estamos vivendo um período complicado em nosso país. O congresso acabou de aprovar a PEC 55 (antiga 241) que congela os gastos públicos da União por 20 anos. Neste contexto temos consequentemente o congelamento no investimento em saúde e educação.

Apesar de alguns poucos entusiastas da PEC afirmarem que os investimento aumentarão até 2018 para equalizar o que restaria do proposto constitucionalmente para os próximos anos, não estão (ou estão?) levando em conta que após o congelamento e o aumento atrelado apenas a inflação do ano anterior o resultado é danoso, pois a tendência é de demanda maior de gente nos dois setores e de uma redução na qualidade dos serviços por falta de investimento.

A crise econômica está empurrando para o SUS centenas de milhares de pessoas que tinham planos de saúde e que agora perderam seus empregos ou tiveram a renda reduzida. Acontece o mesmo com a educação, pais que mantinham seus filhos em escolas particulares estão os levando para a escola pública. Escola esta que já vive inflada e que tem uma quantidade de alunos acima do seu potencial de atendimento.

Para os próximos vinte anos a população tende a crescer, a demanda do SUS e das escolas públicas aumentarem e isso, sem falar também da previdência. Não precisa ser economista para ver que a conta não vai fechar. Mas o nosso grande problema não é a falta de investimento e sim a corrupção que não permite investir mais. Os atravessadores, os políticos ladrões, os que gostam de ganhar dinheiro fácil as custas do povo sabem disso. Se tivéssemos um controle e uma punição maior para corruptores e corruptos com certeza estaríamos melhor.

Os parlamentares não representam o povo, são demagogos e representam as empresas, igrejas e afins que lhes elegem sempre a cada ano para tratar de interesses próprios. São investimentos de grandes empresários. Enquanto isso a população paga pela corrupção e pela falta de responsabilidade fiscal administrativa do governo.

Precisamos acordar. Estamos letárgicos e vulneráveis. A sombra da maldade paira sobre o povo que irá pagar por vintes anos a conta da desenfreada robalheira que os políticos brasileiros se acostumaram a fazer. Congelar investimentos em saúde e educação será sem dúvida colocar a carga nas costas dos brasileiros e deixar para as empresas e detentores de grandes fortunas a melhor parte da viagem.

Não há reciprocidade. É simples assim: uns vão pagar e outros vão receber. E o povo está do lado dos que vão pagar, do outro lado sabemos muito bem quem vai ficar.

Leave a reply

Your email adress will not be published. Required fields are marked*

50 aplicativos para professores

Fonte:  Universia Brasi 50 aplicativos para professores Confira uma lista com os 50 melhores aplicativos..

Read more

50 aplicativos para professores

Fonte:  Universia Brasi

50 aplicativos para professores

Confira uma lista com os 50 melhores aplicativos para professores e aprenda a envolver os seus estudantes com a ajuda da tecnologia. As ferramentas são separadas por categorias e podem ser úteis, inclusive, para o desenvolvimento profissional.

As novas tecnologias estão cada vez mais presentes na sala de aula, seja com a programação de atividades, inserção dos estudantes nas redes sociais ou mesmo com o uso de aplicativos para envolver os alunos. Entretanto, para realizar a tarefa de maneira satisfatória – não só para você como para os estudantes – é necessário possuir as ferramentas certas.

Confira 50 dicas de aplicativos que podem ajudar você a garantir a participação dos seus estudantes e programar as suas aulas:

Em sala de aula:

1. ATTENDANCE

O aplicativo permite que os professores mantenham uma espécie de trilha com os hábitos dos estudantes e, mais que isso, guardar os seus nomes em espécies de cartões.

2. BLACKBOARD MÓBILE LEARN

Ao invés de se apresentar como um aplicativo para aula, a ferramenta faz as vezes de aula em formato de aplicativo. Contendo todos os recursos necessários para desenvolver a sua aula, o aplicativo está disponível em quase todas as plataformas de smartphones e tablets.

3. COURSESMART

O serviço permite acesso ilimitado a diversas leituras digitais por meio dos recursos oferecidos por telefones e tablets.

4. EDUCREATIONS INTERACTIVE WHITEBOARD

A ferramenta é considerada uma das melhores em educação tecnológica. O app permite criar métodos simples de desenhar e diagramar informações durante a aula.

5. ECLICKER POLLINH SYSTEM

Disponível apenas para iPhone, o aplicativo permite que os professores criem votações a respeito de qualquer assunto durante a aula.

6. GRADE BOOK FOR PROFESSORS

O app permite que você tire vantagem do Google Spreadsheets como uma estratégia bastante útil para organizar e mapear as notas dos seus estudantes. A ferramenta conta com uma versão grátis e uma versão paga.

7. ITALK RECORDER

O aplicativo permite que os professores criem e utilizem gravações de áudio durante as aulas.

8. PERCENT CALCULATOR

Trata-se de uma calculadora rápida e simples voltada exclusivamente para definir porcentagens. Pode ser usada para dividir notas, aproveitamento dos estudantes e afins.

9. SMART DOT

O aplicativo é, basicamente, uma espécie de laser que funciona como controle remoto para mudar slides em apresentações feitas em Power Point ou Keynote. Muito útil para os professores que preferem apresentações de slides.

10. VOICE RECORDER

Assim como o iTalk, o aplicativo permite fazer gravações permanentes ou mesmo disponibilizar aulas em áudio para os seus estudantes. Entretanto, o aplicativo roda melhor em sistemas Android.

Organização, Produtividade e Economia de Tempo:

11. BENTO

Possibilita que o professor mantenha uma base de dados sobre qualquer assunto, como contatos, projetos, eventos e até mesmo prazos – sejam eles seus ou dos seus estudantes.

12. DOCUMENTS TO GO

Permite a criação e visualização de arquivos em formato PFD, Microsoft Excel, Power Point e Word.

13. DROPBOX

Ferramenta simples e focada, principalmente, em transferir documentos entre diferentes computadores e smartphones. Também pode ser acessado por meio do seu computador pessoal.

14. EVERNOTE

O Evernote permite que os professores criem notas e conteúdos em diferentes formatos, como texto, áudio, vídeo e imagens. Além disso, todos os recursos podem ser compartilhados. A ferramenta também pode ser utilizada por meio de um desktop.

15. FREE WI-FI FINDER

O aplicativo ajuda a encontrar locais próximos a você que ofereçam internet Wi-Fi sem cobrar nada por isso. Útil para realizar trabalhos externos.

16. INSTAPAPER

Permite que páginas de sites e blogs sejam salvas para verificação mesmo quando você estiver offline. Útil para quando você estiver procurando materiais para programar as aulas, mas não tiver tempo de avaliá-los.

18. RE.MINDER

Ideal para educadores com problemas de gerenciamento. O aplicativo é uma espécie de lista de tarefas e oferece, ainda, alertas para quando você estiver perigosamente próximo dos prazos.

19. TEACHER AIDE PRO LITE

Transforma o seu sistema Android em um assistente pessoal. O app providencia quase todos os requisitos necessários para organização pessoal dos professores.

20. TEACHERKIT

O aplicativo oferece todos os recursos necessários para que os professores estejam em dia com obrigações como divulgação de notas, atendimento de dúvidas, etc.

Desenvolvimento e Treinamento Profissional:

21. BUMP

O aplicativo permite que você troque arquivos com outro contato – desde que ele também possua o aplicativo. Útil para manter contato com os pais e até mesmo com outros professores, especialmente em eventos de educação.

22. EDMODO

Usando o Edmodo você pode se conectar com outros professores e com os seus estudantes. O aplicativo atua como uma rede social de recursos limitados e exclusivos para o setor educacional.

23. FACEBOOK

As vantagens que o Facebook oferece para os professores são incontáveis. Combinado com o uso da rede social no computador, você pode estar sempre atento ao que os seus alunos comentam no grupo da sala, por exemplo, como dúvidas e afins.

24. FLASHCARDS

Permite a criação, o compartilhamento e o download de cartões a respeito de qualquer assunto. Excelente para manter-se atualizado com as mudanças de temática.

25. GOODREADS

Não são apenas os professores de português e literatura que podem indicar boas leituras aos seus alunos. O Goodreads é uma espécie de rede social com um sistema de inventário. Com o aplicativo você recebe recomendações customizadas de livros e classes que podem contribuir para a sua formação pessoal e profissional.

26. IBLUESKY (MINDMAPPING)

O aplicativo de produtividade tem como principal objetivo incentivá-lo em todo o seu potencial por meio das boas ideias que você pode oferecer.

27. LINKEDIN

Mantenha-se conectado com outras pessoas da indústria da educação por meio da rede social profissional mais conhecida.

28. PULSE NEWS

O aplicativo que roda em sistema Android permite aos professores manterem-se atualizados com todas as notícias. O aceso online é facilitado e o usuário pode escolher aquilo que quer ler.

29. THE LEADERSHIP CHALLENGE MÓBILE TOOL

O aplicativo custa U$ 4.99 e mantém o processo atualizado com um pacote de informações, inspirações e mais uma série de artigos e atividades voltadas para o desenvolvimento da liderança do educador.

30. TWITTER

O famoso microblog funciona em grande parte dos sistemas que rodam em smartphones e tablets – e também nos computadores – oferece maneiras ampliadas de manter-se conectado com outros profissionais e ainda se informar sobre o que acontece em áreas específicas e no mundo.

Referência:

31. ALGEO GRAPHING CALCULATOR

O aplicativo é uma espécie de calculadora gráfica, que permite a montagem, é claro, de gráficos e também de tabelas.

32. ASL ULTIMATE

O recurso ajuda os professores a manterem-se atualizados para aconselhar e orientar estudantes sobre os mais diversos assuntos.

33. DICTIONARY.COM – DICTIONARY & THESAURUS – FREE

O aplicativo vem do site Dictionary.com e combina ferramentas de significado das palavras e dicionário de sinônimos. Ótimo para consultas rápidas a respeito de vocabulário.

34. FREE GRAPHING CALCULATOR

Outro aplicativo de calculadora gráfica grátis disponível para o iPhone. Permite a criação de gráficos e tabelas.

35. GOOGLE SEARCH

Providencia as mesmas opções que a ferramenta online e permite que os professores realizem suas buscas a partir de qualquer lugar.

36. HOW TO VÍDEOS FROM HOWCAST.COM

Permite que os professores aprendam a fazer qualquer coisa por meio de vídeos de crowdsourcing. Além disso, também é possível fazer o upload dos seus próprios vídeos e abri-los durante as aulas.

37. WIKIPANION

Leva as experiências da Wikipédia ainda mais adiante, permitindo que os professores façam marcações, arquivando detalhes e datas, fazendo buscas em diversos idiomas e outros recursos.

38.WIKIPÉDIA

Permite que você faça pesquisas a respeito de temas diferenciados, agregando referências e novas fontes ao seu material de ensino.

39. WOLFRAM ALPHA

Transforma o seu celular em uma ferramenta poderosa de referência, com informações extensivas a respeito das mais diversas matérias acadêmicas.

40. WORLD FACTNOOK

O aplicativo é relançado todo ano e garante aos professores acesso detalhado a informações sobre qualquer nação no planeta.

Distrações Bem Vindas:

41. CRACKED READER LITE

Combina diversas curiosidades baseadas em estudos científicos e infográficos. Ótimo para envolver os estudantes fazendo uso de materiais mais amigáveis.

42. INSTAGRAM

O aplicativo de edição e compartilhamento de imagens permite incentivar a criatividade dos seus estudantes com missões voltadas para temas específicos, como publicar fotos de comidas, animais ou um experimento científico, por exemplo.

43. FOURSQUARE

Divirta-se com os seus colegas e estudantes dando check-in nos mais diferentes pontos da escola.

44. GOOGLE EARTH

Com as mesmas funções da versão para web, o aplicativo permite que você leve os estudos a níveis elevados, mostrando aos seus estudantes onde estados, cidades e até mesmo bairros se localizam.

45. KINDLE

Disponível para qualquer plataforma de smartphone, o reader mais popular da Amazon facilita a leitura digital, por meio de grandes clássicos, com acesso facilitado.

46. MUSEE DU LOUVRE

O aplicativo permite uma visita digital a um dos museus mais famosos do mundo, facilitando o acesso a uma série de obras de arte e pintores conhecidos.

47. MIXOLOGY DRINK RECIPES

Dá detalhes de como criar os mais variados drinks – que não precisam ser alcoólicos –, como medidas, quantidades e até mesmo em que copo servir. Útil para incentivar a criatividade dos estudantes.

48. NPR PODCASTS

Disponibiliza uma série de podcasts sobre os mais variados assuntos. Pode ajudar a fomentar discussões em sala de aula.

49. SHOWYOU

Reúne os melhores vídeos do YouTube e encoraja os seus usuários a compartilhar o que eles mais gostam.

50. TED

Possibilita diversas maneiras de passar o tempo, seja com vídeos de especialistas, ferramentas e aulas sobre qualquer tópico que você possa imaginar. Também ajuda a preparar o material de aula.

Autor: Universia Brasil
 

Leave a reply

Your email adress will not be published. Required fields are marked*

Solidão

Estávamos lá Todos nós sorrindo, brincando A conversa fluía de maneira alegre Na cadeira desbotada..

Read more

Solidão

Estávamos lá

Todos nós sorrindo, brincando

A conversa fluía de maneira alegre

Na cadeira desbotada pelo tempo

O velho olhava para o muro rosado a diante

Eu observava

Barba branca, cabelos desgrenhados e brancos

Vida distante de tantos dissabores

Caminhamos para o café da tarde

Perguntei: “tá pensando na morte da bezerra?”

Ele olhou calmamente pra mim

E em um raio cortante, como espada afiada

Faca cega, cegueira amolada

Despejou o golpe certeiro com a voz embaraçada:

“É solidão.”

Leave a reply

Your email adress will not be published. Required fields are marked*

A escola em cima do muro

A escola tem por costume se abster de certa forma de temas que são polêmicos..

Read more

A escola em cima do muro

A escola tem por costume se abster de certa forma de temas que são polêmicos e que por ventura possam denegrir a sua imagem enquanto instituição, porém,  vira e mexe ela se vê encrencada dentro destes temas que tenta se isentar. Não obstante, questões de gênero, racismo, homossexualidade, politica e etc. deixam a escola de “saia justa”, por sua falta de seriedade ao olhar para esses assuntos.

Não que a escola precisa saber e ter reposta para tudo, muitas coisas e temas são aprendidos no dia-a-dia através da discussão e da vivência da situação. Ilustra bem o que estou dizendo uma escola tradicional do Rio de Janeiro ter que mudar as regras de uso do seu uniforme depois que um aluno trans resolveu ir de saia. Este aluno foi suspenso e os educandos, para protestar, sairam em defesa do colega e fizeram um “saiaço”, ou seja, foram todos de saia.  A escola teve que rever seus conceitos. Outro exemplo foi em uma escola de classe média alta de Belo Horizonte, onde um casal homoafetivo trocou um beijo na hora do intervalo e foram reprimidos com suspensão. Vários casais heterossexuais ja haviam se beijado do mesmo modo e sofreram apenas advertência. Mais uma vez os alunos se juntaram e sairam em defesa dos colegas “injustiçados”  e a escola teve que voltar atrás  e rever sua postura. Se não pode para uns, porque pode para outros?

Poderia ficar citando muitos exemplos aqui que mostram o quanto a escola está ainda enraizada em posturas passivas e não sabe lidar com as adversidades e novidades do nosso tempo. Posso colocar neste enrosco também a tecnologia que faz parte da vida dos meninos e meninas, mas que assusta tanto os corredores escolares, desde a direção até o corpo docente.

Discutir com ética esses temas é necessário e urgente. A escola precisa descer do muro e mostrar sua opinião. Sem medo de mostrar a sua cara e consequentemente mostrar sua proposta, a escola não pode mais esperar a maré para seguir junto. Formar pessoas dá trabalho, formar dentro de um modelo ético e de cidadania dá muito mais trabalho ainda. Fácil é criar regras, aplicar conceitos, desenvolver teorias, trabalhar a formação acadêmica, isso para a escola é fácil, faz parte da sua obrigação, ela tem que saber fazer e fazer direito. Senão fizer é necessário questionar o seu papel. O grande problema é além da formação para o mercado, essa do conhecimento, formar também gente de bem. Pessoas que vão agir com ética quando ninguém estiver olhado, e com as outras pessoas também. Formar gente para ser bom em matemática e português ou física e química, que saiba ser bom no trânsito, respeitar o outro, trabalhar sem querer se beneficiar as custas da queda dos companheiros.

Este é o grande desafio, fazer seus alunos e alunas respeitar as diversidades, étnicas, politicas, sexuais, raciais, de gênero, de aprendizado, etc., etc., etc. Temos muito o que aprender e a escola também.

Leave a reply

Your email adress will not be published. Required fields are marked*

“Políticos e Fraldas…”

Enfim o Cunha foi caçado. Começo este texto direto ao assunto, a 11 meses esperávamos..

Read more

“Políticos e Fraldas…”

Enfim o Cunha foi caçado. Começo este texto direto ao assunto, a 11 meses esperávamos que isto acontecesse. Após a queda da presidenta Dilma, arquitetada por aqueles que queriam destituir o PT do poder e competentemente liderada e realizada pelo então presidente da câmara, agora caçado, Eduardo Cunha, este momento era pouco provável para mim. Confesso que me surpreendi com o fato.

Mas agora o que desejo é que o Cunha caia atirando e mostre para todos nós os canalhas que o traíram. Canalhas estes que estiveram do seu lado enquanto lhe conviam. Uma corja de políticos patéticos e safados que vislumbram apenas o poder, pelo poder. Eduardo Cunha caçado mostra duas coisas importantes: a primeira é que a voz do povo pode ser ouvida quando gritada em alto e bom som nas ruas e nas redes sociais. A segunda é que o jogo de interesse no parlamento brasileiro é baixo e vil de tal maneira, que chega a feder um odor podre a milhas e milhas de distância de Brasília. O momento é bom, apesar da alta sensação de corrupção. Acredito que estamos em um processo de expurgação, vai doer muito ainda, mas vamos conseguir tratar essa ferida fétida que é a corrupção em nosso país.

Com a proximidade da eleições municipais em todo Brasil temos que ter a consciência de que aqueles que ocupam as cadeiras das câmaras de vereadores já a anos sem nada fazer, sem nenhum projeto importante aprovar ou ao menos propor, não merecem estar lá. Tem que ser trocados. Assim como o olhar sobre os candidatos a prefeito deve ser de critica e com altivez, pois o povo precisa ter certeza daquele que escolher, e escolher o que é melhor. Precisamos sair do conforto de votar sempre no menos pior, isso não faz avançar a democracia; pelo contrário apenas perpetua no poder aqueles que sempre querem “mamar nas tetas” da máquina do estado sem representar efetivamente o povo.

Lembrem-se, como bem disse Eça de Queiróz: “políticos e fraldas devem ser trocados frequentemente e pela mesma razão.”

Leave a reply

Your email adress will not be published. Required fields are marked*

O novo perfil do professor

Reproduzirem os a seguir, na íntegra uma ótima reportagem do site Nova Escola que fala..

Read more

O novo perfil do professor

Reproduzirem os a seguir, na íntegra uma ótima reportagem do site Nova Escola que fala sobre o novo perfil do Professor.  Vale muito a letra.

Diferentes demandas se apresentam hoje como essenciais para quem está à frente de uma sala de aula

Em 2008, a consultoria norteamericana McKinsey elaborou um estudo compilando o que os países com melhor desempenho em Educação fazem para atingir a excelência. Selecionar os melhores professores está entre as conclusões do trabalho, medida que começa a ser levada a sério pelo Brasil. Para estabelecer parâmetros de qualidade na hora de escolher quem vai lecionar para nossas crianças, o Governo Federal está criando o Exame Nacional de Ingresso na Carreira Docente, que deve, em 2011, servir de referência para a contratação na Educação Infantil e nas séries iniciais do Ensino Fundamental em todo o país.

O projeto inclui uma lista com 20 características que todo profissional de Educação deve ter. NOVA ESCOLA reagrupou essas habilidades na reportagem Seis características do professor do século 21, ilustrada com depoimentos de profissionais que já as desenvolveram. Vindos de diferentes pontos do país, eles explicam como o aprimoramento é importante em sua prática. “Para promover a aprendizagem dos alunos, é fundamental desenvolver-se continuamente: olhar para a própria trajetória profissional, perceber falhas, saber o que ainda falta aprender e assumir o desafio de ser melhor a cada dia”, resume Angela Maria Martins, doutora em Educação pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e pesquisadora da Fundação Carlos Chagas (FCC).

De fato, não é mais possível dar aulas apenas com o que foi aprendido na graduação. Ou achar que a tecnologia é coisa para especialistas. Trabalhar sozinho, sem trocar experiências com os colegas, e ignorar as didáticas de cada área são outras práticas condenadas pelos especialistas quando se pensa no professor do século 21. Planejar e avaliar constantemente, acreditando que o aluno pode aprender, por outro lado, é essencial na rotina dos bons profissionais.

Essa nova configuração no perfil profissional está embasada em medidas governamentais e em pesquisas sobre a prática docente e o desenvolvimento infantil.”Antes, achávamos que a principal função do professor era passar o conhecimento aos alunos. Jean Piaget, Lev Vygotsky e outros estudiosos mostraram que o que realmente importa é ser um mediador na construção do conhecimento e isso requer uma postura ativa de reflexão, autoavaliação e estudo constantes”, diz Rubens Barbosa, da Universidade de São Paulo (USP).

Tudo isso, é claro, porque os alunos também não são os mesmos de décadas atrás – longe disso. Com a democratização do acesso à internet, no fim dos anos 1990, passamos a ter nas escolas crianças que interagem desde cedo com as chamadas tecnologias de informação e comunicação, o que exige um olhar diferente sobre o impacto disso na aprendizagem. Finalmente, não podemos nos esquecer de que esses estudantes conectados têm uma relação diferente com o tempo e com o mundo, o que coloca desafios para a docência. A boa notícia é que há muita gente encarando esse novo mundo nas escolas. Confira as histórias de seis professores que estão firmes nesse caminho.

Fonte: http://novaescola.org.br/conteudo/290/novo-perfil-professor-carreira-formacao

Leave a reply

Your email adress will not be published. Required fields are marked*

Caminhante

Contudo fica o sonho A utopia nunca alcançada O desejo aflito e doido de chegar..

Read more

Caminhante

Contudo fica o sonho
A utopia nunca alcançada
O desejo aflito e doido de chegar

Lá, onde a esperança descansa
Onde o pão seja pra todos
Onde a mesa seja única

Lá, onde morar não seja privilégio
Onde a escola seja igualitária
Onde a saúde seja fonte de vida

Contudo fica o sonho
Contudo, mesmo parados e atirados pra trás
Apedrejados pelo golpe dos ricos
Ainda queremos caminhar
Chegar lá,  pois o fim da utopia
É caminhar

Leave a reply

Your email adress will not be published. Required fields are marked*

Tarde Fria

Tarde fria Céu azul E a serra bela Esverdeada solitude O silêncio em mim Pensamento..

Read more

Tarde Fria

Tarde fria
Céu azul
E a serra bela
Esverdeada solitude
O silêncio em mim
Pensamento em cores
No copo o café
No íntimo a saudade

Doce desejo
Paz inquieta
Abrigada no peito
Forjada na alma
Vamos em frente

Leave a reply

Your email adress will not be published. Required fields are marked*

Vinte “pílulas” sobre o ato de educar e ser educador

Tião Rocha lista vinte pequenas reflexões sobre o cotidiano de um educador e sua relação..

Read more

Vinte “pílulas” sobre o ato de educar e ser educador

Tião Rocha lista vinte pequenas reflexões sobre o cotidiano de um educador e sua relação com os educandos

Fonte: Vinte “pílulas” sobre o ato de educar e ser educador

Leave a reply

Your email adress will not be published. Required fields are marked*

Educação no futuro será portátil, personalizada e onipresente

Enquanto o aluno caminha para a escola, recebe textos sobre a aula do dia. Softwares..

Read more

Educação no futuro será portátil, personalizada e onipresente

Enquanto o aluno caminha para a escola, recebe textos sobre a aula do dia. Softwares identificam, com base nas suas atividades, as necessidades individuais para que, a partir daí, o professor possa escolher exercícios customizados para ele.

Leave a reply

Your email adress will not be published. Required fields are marked*

Educar para que?

Educar para o mundo. Esta é uma frase de impacto que vemos corriqueiramente falada por..

Read more

Educar para que?

Educar para o mundo. Esta é uma frase de impacto que vemos corriqueiramente falada por muitos educadores. E não é apenas a frase, mas o modelo que se impregna na literatura educacional, exemplos: educar para o mercado, educar para o futuro, educar para…

Fato que a educação está sempre apontando para algum lugar, é preciso ter um objetivo, uma mira. Algo que norteie o ato de educar. Um  motivo. Mas nem sempre temos clareza para onde queremos levar a educação e nem para que educamos alguém. Vemos isso de maneira muito clara no momento em que vários rapazes se juntam para estuprar uma menina, ou quando alguém invade uma boate gay e mata dezenas apenas por conta de suas orientações sexuais, ou quando um homem chega do trabalho  cansado das mazelas do dia e desconta sua raiva em sua mulher e filhos, ou no momento em que a misoginia é latente nos discursos dos políticos que deveriam proteger e representar os interesses da população. Ficaria aqui horas citando exemplos que provam que erramos o alvo.

Educamos para que? Se a cultura do estupro se perpetua em nossa sociedade, fomentada pela escola, igrejas e famílias conservadoras. Educamos para que? Se o preconceito contra negros ainda é presente, forte e corriqueiro, como uma ferida aberta tantos séculos após a abolição da escravatura, uma das maiores vergonhas da humanidade. Educar para que? Se pobres são jogados a margem  da sociedade; uma sociedade hipócrita que tenta a todo custo varrer para debaixo dos seus tapetes de luxo essa gente que não tem direito a nada, pois o que vale é a meritocracia de sua riqueza que vai passando de pai para filho. Educar para que? Se a mulher sofre preconceito por ser mulher, e a mulher negra sofre duas vezes mais e ainda a mulher negra e lésbica sofre três vezes mais. Assim como o homem negro, pobre e homossexual que leva porrada todos os dias por conta de sua condição que incomoda três vezes mais os morais sem moral desta nossa sociedade vazia.

Então,  educar para que?

Talvez tenhamos respostas prontas, filosóficas no sentido pejorativo, ou quem sabe esperançosas e sonhadoras. Mas bem sabemos que se não mudarmos o foco da educação, o escopo deste projeto de um país mais justo, estaremos fadados a jamais termos respostas concretas para essa pergunta.

“A educação é a melhor arma para mudar o mundo” disse Mandela, porém hoje vemos que estamos usando essa arma de maneira errada ou então realmente ainda não aprendemos  usa-lá.

One thought on “Educar para que?”

  1. Profundo. A educação tem sua razão de ser. Educamos para agregar conhecimentos, mas os valores, a moral e o respeito, só os pais podem dar e é isso que vai fazer com que os “educados” utilizem-se da educação da forma como ela realmente deve ser.
    Educar não significa criar o caráter de alguém.

    Lucimeire – TI Noite

Leave a reply

Your email adress will not be published. Required fields are marked*

Estamos Ilhados

Estamos ilhados, presos em nossas próprias desventuras, mazelas que trazemos desde muitos anos atrás,  mesmo..

Read more

Estamos Ilhados

Estamos ilhados, presos em nossas próprias desventuras, mazelas que trazemos desde muitos anos atrás,  mesmo bem antes da redemocratização da década de 1980.

A verdade é que o povo brasileiro nunca soube exercer o direito ao voto. Sempre votamos de maneira passional, sem olhar propostas, investigar passados, analisar futuros; vide que os velhos políticos caricatos da  nossa história se mantém no poder década após década,  como Maluf, Cunha, Collor, etc. e etc. que continuam sendo eleitos e reeleitos quase que no automático.  Nos interiores é comum famílias de políticos se perpetuarem no poder por gerações e gerações.

E todas as vezes que um governo tomou medidas populares, ou seja, a favor do povo, sofreu golpes ou tentativas de, daqueles que se sentiram prejudicados com a ascensão dos mais pobres e com a melhoria da qualidade de vida destes menos favorecidos. Para citar os mais próximos, Getúlio, Jucelino, Lula; sempre foi assim. Sabemos que não temos santos na política e que todos que lá estão,  são sujeitos a cair na tentação da corrupção. Mas infelizmente, hoje, sabemos que a maioria dos que ocupam as cadeiras do congresso nacional são corruptos e/ou compactuam com algum tipo de corrupção.

Precisamos de uma reforma política séria, que desmonte e reconstrução o modelo atual, pois este já a muitos anos não funciona e só corrobora para o aumento da corrupção e robalheira. Porém esta mudança não virá pela força dos parlamentares porque não lhes convém,  do jeito que está,  para eles tá ótimo.  Enquanto a corrupção for um modus operandi no Brasil todos os setores públicos irão continuar sofrendo, principalmente saúde,  educação e infraestrutura que atingem diretamente o povo.

Buscar informação é o melhor caminho e saber filtrá-la extraindo o “caldo” que engrossa a mudança que ferve no coração dos brasileiros é o princípio para construir pontes verdadeiras para um futuro sonhado, de melhorias consistentes, e não esta que vemos proposta pelos bandidos que em breve assumirão o posto mais alto executivo no país.

Leave a reply

Your email adress will not be published. Required fields are marked*